Você sabia que existem vários tipos de aprendizado?

Descubra as características de cada estilo de aprendizagem e confira dicas de como explorar diferentes métodos de estudo.

Última atualização em 

27/8/2020

Você sabia que existem vários tipos de aprendizado?

Descubra as características de cada estilo de aprendizagem e confira dicas de como explorar diferentes métodos de estudo.

Última atualização em 

27/8/2020

Você já deve ter se perguntado o porque de, muitas vezes, ser difícil conseguir se adaptar à alguma aula ou método de ensino, né?‍

E imaginamos que ninguém nunca tenha te dado uma resposta para essa pergunta, mas saiba que esse momento chegou! Neste nosso bate-papo você vai entender melhor sobre os diferentes estilos de aprendizado, já que cada pessoa tem uma maneira própria de aprender, e terá acesso à dicas maravilhosas.

Para começarmos com o pé direito, vamos primeiro apresentar algumas perguntinhas que você deve fazer para descobrir o estilo de aprendizagem mais adequado e para identificar como as informações de um ambiente são percebidas. Depois, vamos mostrar algumas características de cada método de aprendizado e, por último, daremos dicas incríveis de estudo. Então, vamos lá!

1 - VISUAL

Utilize essas perguntas como base: Você se sente mais confortável quando há alguma figura/imagem na hora da explicação? Você presta mais atenção no que está escrito no quadro ou nos slides do que no que o professor está falando? Você gosta de fazer anotações das aulas e listas para organizar o seu dia?

Se acontecer alguma identificação com esse estilo e as respostas das perguntas anteriores forem "sim", saiba que, nesse caso, as melhores opções para um bom aprendizado são os conteúdos visuais (como anotações no quadro e slides), fazer anotações coloridas e listas de afazeres, sentar nas carteiras que estão longe das janelas e da porta, para evitar distrações, e deixar tudo organizado e visualmente agradável.

Jovem estudante de, aproximadamente, 20 anos, usando uma blusa branca com listras em azul marinho. Ela está em um ambiente de estudos fazendo diversas anotações em um quadro branco e em papéis coloridos, visto que o método de estudo pelo qual ela mais aprende é o visual.

 

Para saber como estudar quando se é do estilo Visual, aqui estão algumas dicas:

  • Chegar em casa e reler as anotações de aula e as transformar em novos materiais como tabelas, gráficos, imagens e mapas mentais, isso fará com que as informações fiquem mais visuais;
  • Procurar imagens e vídeos que ajudem a montar resumos, sejam eles feitos à mão ou digitais;
  • Fazer anotações utilizando cores diferentes, isso ajuda a reter informações e lembrar quais tópicos estavam de qual cor, além de deixar visualmente bonito e agradável;
  • Usar marca texto quando estiver realizando alguma leitura, assim as informações mais importantes ficarão em destaque.

2 -  AUDITIVO

Use essas perguntas como base: ‍Você adora escutar músicas e podcasts? Está sempre com fone de ouvido? Tem facilidade de lembrar o que foi explicado na sala de aula sem precisar de algum estímulo visual? Você tem costume de "falar sozinho" enquanto lê para reforçar algumas informações?

Se as repostas forem "sim", o estilo Auditivo é o que melhor se encaixa. Esse método é baseado em uma facilidade de aprender escutando e falando, as informações são melhor absorvidas ao ter acesso à uma explicação oral e ao repetir o conteúdo para si mesmo. As aulas mais produtivas são aquelas que as informações chegam pelos ouvidos.

Jovem estudante de, aproximadamente, 20 anos, vestindo um casaco cinza. Ele está em um ambiente de estudos fazendo anotações em seu caderno e escutando algum conteúdo através do fone de ouvido que está utilizando, visto que o método de estudo pelo qual ele mais aprende é o auditivo.

Aqui vão algumas dicas de estudo:

  • Gravar as aulas pelo celular, tablet ou laptop (sempre com a autorização do professor) e as escutar novamente depois;
  • Aproveitar muito os momentos de debates em sala de aula, esse é um estímulo muito proveitoso para quem é do estilo auditivo;
  • Fazer leituras em voz alta (nos momentos em que isso não for atrapalhar o colega ao lado);
  • Conversar com os amigos sobre os conteúdos;
  • Enquanto estuda, repetir as informações para si mesmo, isso ajuda a fixar o assunto;
  • Obter conhecimentos gerais através de podcasts culturais e interessantes.

3 - CINESTÉSICO

Utilize essas perguntas como base: ‍Você gosta de ficar rabiscando o caderno enquanto assiste às aulas porque se sente entediado? Costuma ficar impaciente e inquieto na carteira da sala porque prefere situações mais práticas e com mais movimento? Gosta de praticar esportes e fazer exercícios?

Se as respostas forem positivas, o estilo de aprendizado ideal é o Cinestésico. Nesse caso, as teorias são melhor compreendidas quando são exemplificadas diante de problemas ou situações desafiadoras e reais, além das abordagens mais práticas serem muito bem-vindas.

É normal que esse o estilo Cinestésico aumente a tendência da pessoa se sair bem em disciplinas que requerem esforço físico e movimento, como, por exemplo, disciplinas em laboratórios, educação física, aulas de fotografia e de artes.

Turma de estudantes de aproximadamente 9 anos animados com uma aula em um laboratório de química com tubos de ensaio com substâncias dentro, tablet e outros materiais. Estão no ambiente um aluno, duas alunas, outros 3 alunos de costas e o professor. Eles estão testando experiências e mexendo com os objetos, esse estilo de aprendizado é o cinestésico, muito usado com crianças e jovens.

Confira algumas dicas para estudar da melhor forma:

  • Não ficar muitas horas seguidas estudando e nem sentado por muito tempo, quando possível, é necessário fazer intervalos para se movimentar um pouco;
  • Buscar vídeos que exemplifiquem os assuntos desejados, vídeos com experimentos, filmes que narrem aquele contexto histórico e documentários (colocar link do artigo sobre o tema de filmes);
  • Fazer as anotações de aula em forma de desenhos ou mapas mentais;
  • Dar preferência para exercícios e exemplos práticos para tentar absorver a matéria;
  • Estudar usando diferentes materiais interessantes como, por exemplo,  canetas coloridas, réguas de diferentes formatos, canetinhas, blocos de nota, entre outros.

Além disso, saiba que não existem somente diferentes estilos de aprendizado, mas também métodos distintos para desenvolver bem os conteúdos. Olha só:

  1. Aluno Teórico: Se sai melhor ao ter primeiro o contato com a teoria e só depois realizar exemplos mais práticos para reforçar o entendimento. No estudo, tende a ser muito observador, analisar tudo, comparar as informações e procurar semelhanças teóricas.
  1. Aluno Instrutivo: Aprende melhor quando existe uma lógica sequencial e um passo a passo claro da técnica de solução de um problema. ‍
  1. Aluno Descobridor: Gosta de se arriscar fazendo os exercícios e atividades e aprender com os erros. Costuma explorar a audição, visão e tato, além de gostar de refletir e descobrir mais sobre as informações apresentadas.
  1. Aluno Narrativo: Adora aprender conteúdos que estão ligados com alguma história ou contexto, seja ele real ou fictício. Assimila as informações mais facilmente quando associadas a algum evento específico.
  1. Aluno da Analogia: Aprende melhor através de analogias, tem facilidade de comparar casos e prefere aprender tudo de uma vez, ao invés de dividir o conteúdo em várias partes.

Por fim, saiba que não é obrigatório se identificar com um único estilo de aprendizado ou somente com uma das metodologias de desenvolvimento. Ou seja, pode ser que ocorra uma adaptação com mais de uma opção de estilo, o que torna interessante mesclar as dicas que demos aqui.

Esse artigo foi útil para você? Conseguimos te ajudar a entender melhor sobre os tipos de aprendizagem? Caso você tenha se inspirado com essa leitura e queira ainda mais auxílio para desenvolver o aprendizado, podemos ajudar!

Os Tutores Liber são capacitados e treinados por uma equipe de experts para conseguir identificar e se adaptar aos diversos estilos de aprendizagem, entender as particularidades de cada aluno e preparar um reforço escolar personalizado de acordo com às necessidades do estudante. Estamos aqui por você!

Escrito por 
Laura Cardoso
Saiba mais sobre:

Baixe agora mesmo o App Liber!

Para baixar o App, clique no botão correspondente a loja de aplicativos do seu celular e veja como é fácil ter a ajuda que precisa!