TDAH: saiba como você pode auxiliar na aprendizagem do seu filho!

Descubra dicas maravilhosas e ajude o seu filho a superar as dificuldades do Déficit de Atenção.

Última atualização em 

30/7/2020

TDAH: saiba como você pode auxiliar na aprendizagem do seu filho!

Descubra dicas maravilhosas e ajude o seu filho a superar as dificuldades do Déficit de Atenção.

Última atualização em 

30/7/2020


Seu filhote sofre de hiperatividade, desatenção e/ou ansiedade?

Passe a prestar mais atenção nestes sintomas, eles são característicos do Transtorno de Déficit de Atenção.


O TDAH atinge 5,3% de crianças e adolescentes e 2,5% de adultos. Trata-se de uma condição neurobiológica de influências genéticas e ambientais, que pode ter início ainda no período de desenvolvimento do ser humano dentro do útero.

É muito comum que o conjunto de fatores como a inquietude, impulsividade e dificuldade de concentração atrapalhem, intensamente, no desempenho acadêmico do seu filhinho e levem a problemas comportamentais, tanto na escola quanto em casa.

Menina de, aproximadamente, 10 anos, em um fundo amarelo, sentada em frente a uma mesa verde. Ela está desfocada dos estudos, começou a brincar com os materiais, fazer caretas e colocar vários lápis e canetas no cabelo e no rosto. Na mesa tem diversos objetos como livros, canetas, cadernos, relógio, porta lápis e tesoura.

Mas, a grande questão é: todos nós temos um pouco de ansiedade e desatenção, então, como diferenciar isso de alguém que sofre do transtorno?

Tudo se resume à INTENSIDADE. Com isso, é preciso ter um diagnóstico médico para ter melhores orientações e, caso os sintomas do seu filho sejam em uma proporção muito alta, medidas devem ser tomadas!

O TDAH possui 18 problemáticas, sendo 9 de desatenção e as outras 9 de hiperatividade e impulsividade. Os métodos auxiliadores mais eficazes são as medicações estimulantes (sempre com prescrição médica) e intervenções como a psicoeducação, a terapia, o acompanhamento de um psiquiatra, entre outros que serão abordados mais à frente!

Uma dica importante é valorizar as pequenas conquistas do seu filhote! É comum que os alunos com TDAH tenham frustrações regulares com os resultados nas atividades escolares. Com isso, é importante incentivá-lo diariamente, fazer elogios e se mostrar disponível, solidário e presente. Estabeleça um diálogo simples e direto e nunca o compare com irmãos ou outros parentes, isso pode fazer com que ele se sinta inferior.

Porém, qual é a ligação disso tudo com o desempenho acadêmico do seu filhote?

Quem sofre desse transtorno tem tendência à desorganização, dificuldade de ficar muito tempo sentado e de lidar com tarefas que exigem esforço mental, facilidade para esquecer compromissos (como datas de provas e tarefas escolares), manter-se desatento, ausente e sem foco, falar muito, entre outros sintomas. Todos estes, por sua vez, afetam muito nos resultados acadêmicos.

Gif (imagem com movimento) do personagem Doug do canal Nickelodeon. Ele está com feição de quem está gritando de desespero enquanto números e equações matemáticas giram rapidamente ao redor da sua cabeça.


Então, como ajudar o seu filhote a lidar com o TDAH no âmbito escolar?

Primeiramente, é preciso que você tenha diálogo constante e observe o comportamento diário dele, a fim de descobrir qual é a maior dificuldade que ele enfrenta, quais são os fatores que mais atrapalham e quais auxiliam no processo pessoal de aprendizagem. É necessário ajudá-lo a encontrar uma forma interessante, personalizada e dinâmica de estudar.

Quanto mais único e personalizado é o aprendizado, mais a atenção é conquistada. Diferentes técnicas e metodologias que atingem diferentes perfis de aprendizagem, são ideais para o aprendizado de quem tem TDAH. Alguns alunos aprendem mais ouvindo, outros preferem apresentações orais ou atividades manuais, outros gostam de fazer resumos e assim por diante. Por isso, na hora de estudar, o ideal é explorar plataformas distintas que tragam dinamismo para as tarefas, mantendo o seu filhinho entretido, curioso e interessado. É importante que você se mostre disponível para encontrar, junto com ele, esses métodos mais lúdicos e interativos.

Fundo de madeira cuja superfície está repleta de diversos objetos, entre eles canetinhas coloridas, adesivos, fitas, tesouras, maçã, apontadores, réguas, agenda, aviãozinho de papel e compasso. A imagem mostra que estudar pode ser lúdico e dinâmico e que é possível trocar os materiais tradicionais por outros mais divertidos e interessantes.

Outra ótima opção para ajudar o seu filho a lidar com o transtorno, são as aulas particulares. A presença de um Tutor particular é extremamente importante em casos de TDAH. O ensino é mais personalizado e a atenção é direcionada especialmente para o seu filhote. Além disso, com um Tutor sempre à disposição, o seu filhinho se sentirá mais à vontade em relação ao tempo que ele levará em seu aprendizado.

Por fim, o TDAH é um transtorno que possui muitas opções de amenização dos sintomas. Resumidamente, medicações estimulantes, acompanhamento psicológico, aulas particulares personalizadas e uma rotina de estudos fixa e organizada, são métodos ideais para auxiliar no Déficit de Atenção.

Gostou do artigo? Te ajudamos a entender como auxiliar o seu filhote com TDAH a ter melhores resultados acadêmicos? Coloque aqui no Blog o que você achou e fique de olho nos outros artigos, eles te ensinarão mais dicas de aprendizagem para ajudar o seu filhote!

Visite o site da Liber clicando aqui! As nossas aulas particulares são presenciais ou online, com um Tutor dedicado somente ao seu filho. Além disso, temos planos de aulas perfeitos para o seu filhote ter uma rotina de estudos organizada, fixa e personalizada.

Escrito por 
Laura Cardoso

Baixe agora mesmo o App Liber!

Para baixar o App, clique no botão correspondente a loja de aplicativos do seu celular e veja como é fácil ter a ajuda que precisa!