O que você acha da sua casa ser a escola do seu filhote?

Descubra o que é o Homeschooling e quais são os benefícios dessa educação domiciliar.

Última atualização em 

2/9/2021

O que você acha da sua casa ser a escola do seu filhote?

Descubra o que é o Homeschooling e quais são os benefícios dessa educação domiciliar.

Última atualização em 

2/9/2021

Você já deve ter ouvido falar no termo "Homeschooling" e ter ficado na curiosidade de entender mais sobre o assunto, né?

Você já deve ter ouvido falar no termo "Homeschooling" e ter ficado na curiosidade de entender mais sobre o assunto, né? Nada mais é do que uma educação domiciliar na qual o seu filhote estudará no conforto do lar.

A legalização dessa metodologia no Brasil está em discussão no Supremo Tribunal Federal (STF), já que aqui existe uma lei que te obriga a matricular o seu filho na escola a partir dos 4 anos e mantê-lo em alguma instituição de ensino até os 17 (o não cumprimento dessa obrigatoriedade pode levar ao pagamento de multas).

Todavia, ao redor do mundo o Homeschooling já é autorizado em mais de 65 países, entre eles os Estados Unidos, Nova Zelândia e Bélgica, locais onde esse ensino é  regulamentado e muito bem visto.

No ensino domiciliar, o seu filhinho pode ser ensinado tanto por um Tutor particular quanto por você mesmo, desde que você tenha uma formação compatível com essa função. O objetivo desse método é que ele se sinta mais a vontade para querer descobrir o mundo e ter curiosidades fora da formalidade imposta pelas escolas.

Como funciona o Homeschooling?

Nessa modalidade o planejamento escolar é ensinado em casa, devendo existir um cronograma preestabelecido de acordo com o que é ensinado nos colégios. No Brasil é a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) que prevê qual é o conteúdo adequado para cada faixa etária e ano escolar.

3 meninas de, aproximadamente, 7 anos, (uma de blusa rosa, outra de blusa verde e a terceira de blusa rosa), aprendendo matemática em um quarto colorido e divertido com a presença de uma Tutora.

Você tem um papel importantíssimo em ajudar o seu filhote a ter disciplina nos estudos em casa!

Com isso você deve:

  • Ajudá-lo a se planejar para cumprir todo o cronograma preestabelecido;
  • Definir junto com ele uma carga horária de estudos;
  • Orientá-lo em como organizar horários e dias para receber o Tutor particular.

Mas quais são os prós dessa metodologia?

  • Ensino personalizado de acordo com às necessidades do seu filhinho;
  • Atenção um para um, diferente das salas de aulas convencionais que, normalmente, comportam mais de 20 alunos, o seu filhote terá uma atenção especial direcionada somente para ele;
  • Espaço propício para explorar os estilo de aprendizado que mais combina com o seu filho;
  • Horários mais flexíveis;
  • Maior possibilidade de fazer integrações entre conhecimentos de áreas diversas;
  • Estudo mais divertido e descontraído, podendo utilizar artifícios que deixem o aprendizado mais dinâmico, como o uso de vídeos, expressões artísticas, materiais escolares diferenciados, entre outros exemplos.

Em 1996, o Departamento de Educação da Flórida realizou uma pesquisa com 2.245 estudantes domiciliares ao enviar um formulário para as suas casas e 31% dessas pessoas responderam. Desse grupo, 42% alegaram que a insatisfação com o ambiente das escolas públicas (em sua maioria) com, por exemplo, uso de drogas, influências negativas, inseguranças e preconceitos, foi a razão que os fez adotar o Homeschooling.

E quais são os contras?

  • Falta de estrutura: Na escola, o seu filhote tem acesso a um auditório onde ocorrem  palestras e debates, à uma biblioteca com diversos livros, às quadras esportivas, ao laboratório de química, aos quadros branco e projetores, entre outras ferramentas e infraestruturas;
  • Cobertura limitada dos assuntos: Quando você mesmo exerce o Homeschooling e ensina o seu filhinho (sem uma formação 100% qualificada), você pode acabar limitando ou mesmo eliminando alguns assuntos ou tópicos importante do currículo dele, deixando-o desfalcado sobre determinado conteúdo de alguma disciplina. Por isso, é importante a presença de um Tutor particular treinado e capacitado;
  • Falta de socialização: Ao educar o seu filhote em casa, ele terá pouca interação com outras crianças ou jovens de idade similar e, mesmo marcando de ver os amigos, ele não vivenciará experiências iguais as que os colegas têm na escola.

Em falar em falta de socialização, existem muitas vertentes nos países já praticantes do Homeschooling que acreditam não ser a escola o único e nem o melhor local para a socialização. Nos EUA, por exemplo, os pais que optam por um ensino domiciliar para os filhos, os incentivam, desde cedo, a frequentar clubes de lazer, escolinhas de práticas esportivas, grupos de escoteiros, locais de encontros religiosos e a fazer parte de serviços comunitários.  

4 amigos de, aproximadamente, 7 anos, brincando juntos em um parquinho com brinquedos de escalar e escorregar.

E no Brasil? Qual é a tendência dessa modalidade?

Atualmente, existem dois projetos de lei em andamento na Câmara dos Deputados. De acordo com a Associação Nacional de Educação Domiciliar (Aned), o país hoje possui pelo menos 7,5 mil famílias oficialmente cadastradas como apoiadoras do ensino domiciliar- cerca de 15 mil estudantes.

As famílias adeptas estão espalhadas por todos os Estados, porém são mais presentes em São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Paraná e Rio Grande do Sul. Nos últimos 8 anos houve um aumento de 20 vezes na busca pela prática, com um crescimento exponencial de quase 2.000%.

Além disso, as mudanças na sociedade e na educação trazidas pela Covid-19, estão catalisando ainda mais projetos de regulamentação do Homeschooling — pauta apontada em janeiro de 2019 como uma das metas prioritárias do governo atual. Ou seja, a realidade de esse método de ensino ser regulamentado no Brasil, está cada vez mais próxima.

Mãe usando uma blusa branca listrada de manga comprida com a sua filha de, aproximadamente, 17 anos, que está usando uma camisa branca com uma blusa de botão xadrez e uma calça jeans. Elas estão em um quarto estudando juntas através de um computador.

Por fim, o Homeschooling é uma tendência crescente no mundo inteiro e já é aprovada em diversos países que são exemplos em ensino.  No Brasil, a chance de esse método ser regulamentado está cada vez mais próxima.

Gostou do artigo? Conseguimos apresentar bem o que é o Homeschooling e quais são os benefícios dessa educação domiciliar? Se você ficou interessado em proporcionar um ensino parecido para o seu filhote, estamos aqui! As aulas particulares da Liber são presenciais ou online e personalizadas, ou seja, montadas de acordo com às necessidades do seu filhinho. Nossos Tutores darão atenção especial direcionada somente a ele e o ajudarão a conquistar resultados incríveis aprendendo da forma que mais combina com ele. Venha conferir o nosso site, estamos esperando por você!

Escrito por 
Laura Cardoso

Baixe agora mesmo o App Liber!

Para baixar o App, clique no botão correspondente a loja de aplicativos do seu celular e veja como é fácil ter a ajuda que precisa!