Descubra agora como lidar com o Déficit de Atenção nos estudos

Saiba como nunca mais se frustrar com resultados acadêmicos influenciados por esse transtorno!

Última atualização em 

30/7/2020

Descubra agora como lidar com o Déficit de Atenção nos estudos

Saiba como nunca mais se frustrar com resultados acadêmicos influenciados por esse transtorno!

Última atualização em 

30/7/2020

Você costuma ter muita hiperatividade, desatenção e ansiedade?

É melhor ficar atento nesses sintomas, hein! Pode ser que você tenha o Transtorno de Déficit de Atenção. Vamos começar com alguns dados rápidos sobre o TDAH e depois iremos direto para o nosso bate-papo!

O TDAH atinge:

2,5%
de adultos;
5,3% de crianças e adolescentes e sim, você pode ser um deles!
O TDAH é:

Uma condição neurobiológica de influências genéticas e ambientais, que pode ter início ainda no período de desenvolvimento do ser humano dentro do útero.
O TDAH possui:

9 problemáticas de desatenção e 9 de hiperatividade e impulsividade.

 

Você deve sofrer muito com a inquietude, impulsividade e dificuldade de concentração, não é mesmo?

Isso tudo atrapalha muito no seu desempenho acadêmico e leva a problemas comportamentais, tanto na sua casa quanto na escola ou faculdade. Queremos te ajudar a lidar com esse transtorno com várias dicas maravilhosas!

Mas, admito que estou aqui escrevendo esse artigo e pensando “Meu Deus! Será que eu tenho TDAH?” (#Desespero).

Esse pensamento acaba aparecendo porque todo mundo tem um pouquinho de ansiedade e desatenção e, o que diferencia quem sofre do transtorno e quem não sofre, é a INTENSIDADE. Então, comece a observar certos sinais! Tente reparar se você consegue ler um texto até o final sem perder o foco, se consegue ficar muito tempo sentado fazendo somente uma atividade, etc. Caso a resposta seja “não, não consigo”, procure um médico! Tudo dever ser diagnosticado e acompanhado por um profissional!

Menina de, aproximadamente, 10 anos, em um fundo amarelo, sentada em frente a uma mesa verde. Ela está desfocada dos estudos, começou a brincar com os materiais, fazer caretas e colocar vários lápis e canetas no cabelo e no rosto. Na mesa tem diversos objetos como livros, canetas, cadernos, relógio, porta lápis e tesoura.

Você sabe quais são os tratamentos atuais mais usados?

  • Medicações estimulantes (sempre com prescrição médica);
  • Psicoeducação;
  • Terapia;
  • Acompanhamento de um psiquiatra.

 

Os tratamentos citados acima te ajudarão a entender não somente sobre o TDAH, mas também sobre você mesmo! Isso porque é preciso descobrir qual tratamento funciona mais para você, cada pessoa reage de uma maneira e é preciso testar quais métodos se encaixam melhor! Mas fica tranquilo, tá? Algum deles com certeza vai dar muito certo para você, sem contar que ainda vamos te dar outras dicas mais para frente!

Sabe o que também é super importante e temos certeza que você nem sempre faz?

VALORIZAR SUAS PEQUENAS CONQUISTAS!

  • Tenha um acompanhamento particular de ensino que te faça evoluir e se orgulhar;
  • Conviva com pessoas que se preocupem com você, te incentivem e não façam comparações alheias e que estabeleçam um diálogo claro e direto;
  • Quando você conseguir cumprir metas importantes, comemore! Aproveite para ver um filme em família ou jantar a sua comida favorita.

 


Além disso, você já parou para pensar quais fatores do TDAH te atrapalham a alcançar seu tão sonhado desempenho escolar positivo?

  • Desorganização;
  • Dificuldade de lidar com tarefas que exigem esforço mental e de ficar sentado;
  • Facilidade para esquecer compromissos (como datas de provas e tarefas escolares);
  • Manter-se desatento, ausente e sem foco;
  • Falar muito.

Todos estes sintomas citados acima afetam MUITO nos resultados acadêmicos.

 Gif (imagem com movimento) do personagem Doug do canal Nickelodeon. Ele está com feição de quem está gritando de desespero enquanto números e equações matemáticas giram rapidamente ao redor da sua cabeça.

Mas, a pergunta que não sai da sua cabeça é: “Como eu faço para lidar com o TDAH na escola/faculdade?”

Primeiro, descubra qual é a sua maior dificuldade em relação ao transtorno e o que mais te atrapalha na sua aprendizagem! Depois, encontre uma forma interessante, dinâmica e personalizada de estudar. Quanto mais único e personalizado é o aprendizado, mais a sua atenção será conquistada e direcionada. Te garantimos que essa dica realmente dá certo!

 

Testar diferentes técnicas e metodologias é ideal para quem tem TDAH.


Algumas pessoas aprendem mais ouvindo, outras preferem apresentações orais ou atividades manuais, outras escolhem fazer resumos e assim por diante. Por isso, na hora de estudar, o ideal é descobrir o melhor método de aprendizado para você e explorar plataformas distintas que tragam dinamismo para as suas tarefas, te mantendo sempre entretido, curioso e interessado. Usando esse truque, vai ser só sucesso!!

Fundo de madeira cuja superfície está repleta de diversos objetos, entre eles canetinhas coloridas, adesivos, fitas, tesouras, maçã, apontadores, réguas, agenda ,aviãozinho de papel e compasso. A imagem mostra que estudar pode ser lúdico e dinâmico e que é possível trocar os materiais tradicionais por outros mais divertidos e interessantes.

Já conversamos bastante... Será que ainda tem mais alguma coisa que você deva fazer? SIM!

É hora de falar sobre o quanto é extremamente importante ter aulas particulares para ajudar no TDAH. Veja aqui o por quê:

  • Ensino mais personalizado, com atenção direcionada especialmente para você;
  • Tutor sempre à sua disposição;
  • Respeito ao seu tempo de aprendizagem e execução de tarefas;
  • Auxílio para montar uma rotina de estudos.

Garota de, aproximadamente, 15 anos, em um fundo cinza, sentada e apoiando seus braços em uma mesa de cor semelhante, a qual está cheia de livros, cadernos e um notebook. Ela está com um olhar distante, sem conseguir ter foco e atenção nos estudos.

Agora, vamos te ensinar a ter uma rotina de estudos fixa e organizada! Um bom método é investir em pacotes de aulas particulares com atenção individual, isso vai te ajudar na frequência e organização dos estudos e comprar um organizador (agenda, planner, calendário ou quadro) que ajude na visualização das tarefas e na clareza da prioridade de execução de cada uma delas.


Por fim, concluímos juntos que o TDAH pode afetar muito no seu desempenho acadêmico, mas que existem diversas formas de amenizar os sintomas e conquistar as suas metas!

E então? Gostou do artigo? Te ajudou a entender melhor sobre como lidar com o Déficit de Atenção? Coloque aqui no Blog o que você achou e compartilhe nas suas redes sociais para que as nossas dicas ajudem o maior número de pessoas possível!


E lembre-se, se estiver precisando de aulas particulares, estamos sempre aqui! Visite o
site da Liber, as aulas são presenciais ou online com um Tutor dedicado somente a você! Perfeito para quem quer aulas personalizadas e interativas com uma rotina de estudos fixa e organizada. Você vai adorar!

Escrito por 
Laura Cardoso

Baixe agora mesmo o App Liber!

Para baixar o App, clique no botão correspondente a loja de aplicativos do seu celular e veja como é fácil ter a ajuda que precisa!