Logo amarela da Liber, empresa que, através do seu App e Sala de Aula Online, conecta estudantes, mães e pais com os Tutores Liber para terem aulas particulares de reforço escolar
#ConhecimentoLiberta

Honorários do Tutor Liber

Este documento atua como instrumento anexo ao “CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - TUTOR LIBER” (“Contrato”) e referenciado na Cláusula 4 do mesmo e, portanto, apresentando referências ao Contrato em questão, bem como se fazendo valer da mesma nomenclatura utilizada neste.

1. Pedido ou Solicitação

Tem-se por pedido (“Pedido”) toda e qualquer solicitação de Serviços realizada por clientes da CONTRATANTE por meio da Plataforma ou do APP CLIENTE, solicitação esta vinculada a somente uma única disciplina de Ensino Fundamental, Médio ou Superior a ser, lecionada, a priori, por um único CONTRATADO.

2. Variáveis

A Remuneração pelos Serviços prestados (“Valor/Hora”) – neste documento, \(V(n,h,H_c)\) – é calculada através de fórmulas dependentes de três principais características de natureza dos mesmos, estando essas associadas ao Pedido:

O Valor/Hora, \(V(n,h,H_c)\), por sua vez, é calculado como o produto de duas funções distintas: \(T(n,h,H_c)\), uma função que retorna obrigatoriamente valores entre 0 e 1, sendo esta a porcentagem destinada ao CONTRATADO dentre o valor cobrado dos clientes pela prestação do Serviço; e \(P(n,h,H_c)\), o valor absoluto cobrado de cada cliente individualmente por cada hora de Serviço prestado.

3. Coeficientes

Por sua vez, com base em informações geográficas - como país, estado, cidade, região e bairro – fazem-se definidos para cada local onde ocorrerá a prestação dos Serviços (conforme a posterior tabela) uma sextúpla ordenada de coeficientes (\(a(n), b(n), c(n), A(n), B(n)\) e \(C(n)\)), estes dependentes, conforme notação adotada, da Quantidade de Alunos no Serviço prestado.

País Estado Cidade Região Bairro n = 1 n = 2 n = 3 H
Brasil SP São Paulo Todas Todos a(1) a(2) a(3) 60
b(1) b(2) b(3)
c(1) c(2) c(3)
A(1) A(2) A(3)
B(1) B(2) B(3)
C(1) C(2) C(3)

4. Cálculo da Remuneração

Conhecidos a Quantidade de Alunos (n) – e, consequentemente, os Coeficientes (\(a(n), b(n), c(n), A(n), B(n)\) e \(C(n)\)) –, Quantidade de Horas do Pedido (h) e Quantidade Crítica de Horas (\(H_c\)), calcula-se o Valor/Hora (\(V(n,h,H_c)\)) através do seguinte conjunto de equações:

\[V(n,h,H_c) = n\cdot T(n,h,H_c)\cdot P(n,h,H_c)\]

\[T(n,h,H_c) = \left\{\begin{array}{c}1 - (A(n)\cdot h^2 + B(n)\cdot h+ C(n)),\, \mathrm{se\, } h < H_c\\1-(A(n)\cdot H_{c}^2 + B(n)\cdot H_c + C(n)),\, \mathrm{se\, } h \geq H_c\end{array}\right.\]

\[P(n,h,H_c) = \left\{\begin{array}{c}a(n)\cdot h^2 + b(n)\cdot h+ c(n),\, \mathrm{se\, } h < H_c\\a(n)\cdot H_{c}^2 + b(n)\cdot H_c + c(n),\, \mathrm{se\, } h \geq H_c\end{array}\right.\]

País Estado Cidade Região Bairro n = 1 n = 2 n = 3 H
Brasil SP São Paulo Todas Todos 0.002681222 0.001283156 0.000392607 60
-0.672029110 -0.535899646 -0.384118548
70.669347889 59.534616490 44.633725941
0.00002776979795 0.00002753040314 0.00002753040314
-0.003388872929 -0.004221727473 -0.004221727473
0.3033611031 0.4041941971 0.4041941971

Supondo, portanto, um Pedido com Quantidade de Horas igual a 40 (quarenta) e Quantidade de Alunos igual a 2 (dois). Uma vez que a Quantidade de Horas é menor que a Quantidade Crítica de Horas para a tabela acima (uma vez que quarenta é menor que sessenta), dever-se-á utilizar sempre a primeira expressão entre chaves para ambas as funções \(T(n,h,H_c)\) e \(P(n,h,H_c)\):

\[T(n,h,H_c) = 1-(A(n)\cdot h^2 + B(n)\cdot h + C(n))\]

\[P(n,h,H_c) = a(n)\cdot h^2 + b(n)\cdot h + c(n)\]

Aplicando os valores em questão, tem-se:

\[T(2,40,60) = 1 - (A(2)\cdot 40^2 + B(2)\cdot 40 + C(2))\]

\[T(2,40,60) = 1 - (0.00002753040314\cdot 40^2 + (-0.004221727473)\cdot 40 + 0.4041941971) \approx 0.7206 = 72.06\%\]

\[P(2,40,60) = a(2)\cdot 40^2 + b(2)\cdot 40 + c(2)\]

\[P(2,40,60) = 0.001283156\cdot 40^2 + (-0.535899646)\cdot 40 + 59.534616490 \approx R$40.15\]

\[V(2,40,60) = 2\cdot T(2,40,60)\cdot P(2,40,60) \approx R$57.87/\mathrm{hora}\]

Portanto, para o caso exemplificado, o CONTRATADO receberá Remuneração de R$57,87/hora (cinquenta e sete reais e oitenta e sete centavos por hora).

Uma vez que a Quantidade de Horas é maior que a Quantidade Crítica de Horas para a tabela do exemplo acima (uma vez que setenta é maior que sessenta), dever-se-á utilizar sempre a segunda expressão entre chaves para ambas as funções \(T(n,h,H_c)\) e \(P(n,h,H_c)\):

\[T(n,h,H_c) = 1-(A(n)\cdot H_{c}^2 + B(n)\cdot H_{c} + C(n))\]

\[P(n,h,H_c) = a(n)\cdot H_{c}^2 + b(n)\cdot H_{c} + c(n)\]

Aplicando os valores em questão, tem-se:

\[T(1,70,60) = 1 - (A(1)\cdot 60^2 + B(1)\cdot 60 + C(1))\]

\[T(1,70,60) = 1 - (0.00002776979795\cdot 60^2 + (-0.003388872929)\cdot 60 + 0.3033611031) \approx 0.8 = 80.00\%\]

\[P(1,70,60) = a(1)\cdot 60^2 + b(1)\cdot 60 + c(1)\]

\[P(1,70,60) = 0.00268122\cdot 60^2 + (-0.67202911)\cdot 60 + 70.6693479 \approx R$40.00\]

\[V(1,70,60) = 1\cdot T(1,70,60)\cdot P(1,70,60) \approx R$32.00/\mathrm{hora}\]

Portanto, para o caso exemplificado, o CONTRATADO receberá Remuneração de R$32,00/hora (trinta e dois reais por hora).

Tabela de Localizações e Coeficientes

País Estado Cidade Região Bairro n = 1 n = 2 n = 3 H
Brasil RJ Todas Todas Todos 0.002681222 0.001283156 0.000392607 60
-0.672029110 -0.535899646 -0.384118548
70.669347889 59.534616490 44.633725941
0.00002776979795 0.00002753040314 0.00002753040314
-0.003388872929 -0.004221727473 -0.004221727473
0.3033611031 0.4041941971 0.4041941971
Brasil SP São Paulo Todas Todos 0.002681222 0.001283156 0.000392607 60
-0.672029110 -0.535899646 -0.384118548
70.669347889 59.534616490 44.633725941
0.00002776979795 0.00002753040314 0.00002753040314
-0.003388872929 -0.004221727473 -0.004221727473
0.3033611031 0.4041941971 0.4041941971

Você concordou com:
Honorários do Tutor Liber
Ops! Algo deu errado ao enviar o documento assinado.
Se o erro persistir, contate a gente:
contato@liberedu.com.br
LIBER SOLUÇÕES, INTEGRAÇÃO E CONSULTORIA EM TECNOLOGIA LTDA.
Última atualização em:
1/3/2020 6:45 PM